Como decorar gastando pouco
Escritório,  Quarto,  Sala de Jantar

Como decorar gastando pouco

Ainda que o orçamento para a decoração seja pouco, o importante é não desanimar. É possível sim decorar qualquer ambiente com pouca grana. A aposta é ser criativo.

Aqui estão algumas das principais dicas interessantes e que demandam poucos gastos para agradar o seu bolso e a beleza de sua casa decorada.

A decoração, ainda, pode ter a produção juntamente dos objetos que já possui em sua residência. A criatividade e a vontade tornar o seu ambiente muito mais agradável e bonito, são maneiras simples de fazer a repaginação de mobílias, acessórios de decoração e ainda aqueles objetos que parecem não ter utilidade. Utilizar tapetes, por exemplo, é uma ótima forma de decorar gastando pouco.

A casa por ficar personalizada de uma forma muito diferente e elegante, a ponto de suas visitas questionarem o local onde comprou tal objeto. O que acontece é que tudo aquilo que é produzido a fim de decorar com charme e estilo, acaba se tornando algo muito único, mesmo com pouco dinheiro.

Tão imprescindível quanto a preocupação em relação a sua casa bem decorada é pensar na segurança. Então, cuidado com alguns detalhes que ficarem expostos em ambientes abertos.

Móveis antigos que estão acomodados em cantos da casa, sem utilidade alguma, assim como cômodas, geladeiras enferrujadas, paredes vazias, podem ganhar outra cara quando bem decorados e com os cuidados corretos. E o melhor: tudo isso, gastando pouco e economizando de forma simples e criativa.

Dedicar-se também auxilia, e muito. Não ter disposição para decorar seus objetos de forma consistente e bonita, sem vontade de fazer as aplicações corretas, podem tornar o procedimento muito complicado e desgostoso.

Tenha um tempo para pôr suas ideias em prática. O resultado pode ser diferente e belíssimo, tornando a sua residência um lugar ainda mais atrativo e sofisticado.

Nichos e estantes em caixotes de feira

Sempre quando vamos à feira é provável que nos deparemos com vários caixotes, utilizados para trazer e levar as verduras e frutas afins. Estes caixotes são, geralmente, em madeira. Servem também para ajudar na hora de expor os alimentos à venda.

Estes caixotes são deixados pelos feirantes, pois trata-se de uma peça muito barata e que não serve para eles. Entretanto, se pensarmos em meios decorativos, os caixotes podem ganhar um valor imenso, de forma principal pelo seu caráter útil nas decorações.

Aquelas paredes vazias, sem graça, que precisam de uma repaginada podem se destacar com a inclusão de um caixote que servem como nichos. Ali é possível que você decore seu caixote pintando ou até mesmo utilizando ele em sua forma original. Basta ser criativo e ter alguns cuidados em relação a acabamentos e afins.

Certifique-se de fazer a harmonia dessa parede – caso utilize o caixote em sua forma original –com os objetos que pertencem no cômodo.

Os nichos são somente uma das formas criativas de decoração com pouco custo. Com muitos caixotes de feira, em madeira, é possível montar estantes, aproveitando para guardar álbuns, livros, revistas, álbuns de fotos, pratos eletrodomésticos, caixas organizadoras e afins.

Papeis de parede que são autoadesivos

Paredes brancas e sem graça podem ter a modificação em pouco tempo e com pouco custo. A dica é recorrer aos papeis de parede que são autoadesivos. A aplicação é bem simples, muito mais simples que os papeis de parede convencionais. As estampas autoadesivas surpreendem até aqueles que exigem mais.

Mobília restaurada

Essa é uma das ideias e critérios básicos de como decorar a casa gastando pouco e, ainda, contar com um ambiente totalmente repaginado e sofisticado. As mobílias antigas, que de uma forma geral, possuem estilos atrativos e são úteis para a composição de cômodos modernos, conseguem contrapor o retrô, de modo bonito e elegante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *